.

.

1 de jul de 2019

Curta-metragem para ensinar valores




O protagonista deste belo curta-metragem da Pixar é Piper, um passarinho com medo de sair do ninho e se aventurar a caçar amêijoas na praia. É uma história que lida com medos e como superá-los, o que fará com que as crianças reflitam sobre a importância de superar seus medos. Certamente é um excelente vídeo para compartilhar com os jovens que estão passando por essa fase onde crescer parece intimidante, para ajudá-los a superar a adversidade e ensinar -lhes que muitas vezes superar medos pode até ser divertido.





Este curta convida a pensar sobre a importância do esforço na vida. A história é sobre uma menina cuja boneca faz o seu dever de casa para poder dedicar-se ao que mais gosta: brincar. No entanto, as consequências de sua falta de esforço aparecerão em breve. Uma oportunidade única para ensinar as crianças a se esforçarem todos os dias para aprender, amadurecer e se destacar.


Ideia retirada do Site Pensar Contemporâneo

3 de jun de 2019

Importância das matas ciliares


Quando leitos de rios e áreas de nascente perdem matas ciliares, além de receberem toda contaminação e poluição, sofrem com o processo de erosão e assoreamento que levam à seca. O assoreamento acontece em áreas de preservação alteradas por consequência de atividade humana. A degradação, o assoreamento e a poluição das áreas úmidas que regulam o regime de águas estão diretamente relacionadas com a expansão agrícola, industrial e urbana em áreas protegidas. Se continuarmos a fazer vista grossa para gado que pasta em campos alagáveis, nas várzeas, para projetos de moradia feitos em áreas de mananciais, para lama tóxica caindo no delta de rios, vamos acabar sem água. A natureza dá alertas antes de entrar em parafuso e, neste sentido, já estamos avisados.

Meio Ambiente - Florestas


“Na grande floresta da Amazônia, a Terra guarda um de seus mais espetaculares tesouros: a profusão de vida que inala gás carbônico e exala oxigênio, transpira água, emite odores mágicos, remove gases tóxicos, pulsa e regula, umedece e faz chover, propele ventos e alimenta rios aéreos, acalmando a fúria dos elementos, tornando amigo o clima próximo e também o mais distante. As sociedades abrigadas sob seu hálito doador de vida têm nela um cordão umbilical que sustém suas economias e lhes dá bem-estar. Por tudo isso, é necessário, desejável, viável e até lucrativo alterar o modus operandi da ocupação humana na Amazônia. É vital fazer com que os fatos científicos sobre o papel determinante da floresta para o clima amigo e o efeito do desmatamento na geração do clima inóspito cheguem à sociedade e tornem-se conhecimento corrente” 
Antonio Nobre