2 de jul de 2011

Histórias de Pedro Malasartes

De como Malasartes vendeu um passarinho
Malasartes ia viajando quando lhe deu vontade de dar de corpo. Agachou-se no meio da estrada e ali ficou.
Nisto avistou um senhor que andava caçando.
Malasartes tirou o chapéu e colocou-o sobre o que havia feito.
O senhor quando se aproximou perguntou-lhe:
- Que está fazendo ai a segurar nesse chapéu com tanto cuidado?
- E um lindo passarinho que apanhei debaixo do chapéu. Canta que é um gosto. E eu não quero perdê-lo. Estou à espera de alguém que queira tomar conta dele, enquanto vou buscar uma gaiola.
O homem ficou muito curioso de ver o canário pois era grande apreciador de pássaros cantadores.
Propôs comprá-lo, mas com a condição de Malasartes ir buscar a gaiola.
Pedro, depois de muitas negaças fechou o negócio por bom dinheiro deixou o tolo a tomar conta, e foi buscar a gaiola. O tempo ia passando e Malasartes não voltava. Então o homem, já impaciente tomou o partido de apanhar o pássaro com a mão e levá-lo para casa. Com toda a cautela, meteu a mão debaixo do chapéu e, quando pensou que pegava o canário, agarrou uma coisa muito diferente.
Deu os pregos, soltou pragas enquanto Pedro já estava muito distante e se divertindo à custa do trouxa...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Itens compartilhados de Mah