20 de nov de 2010

Consciência Negra - Sugestão de Atividades

Sugestões de Atividades
       
  • Propor aos alunos que listem duas características físicas e duas características de seu caráter/personalidade. 
  • Recolher todas as listagens e, de forma lúdica, ler uma a uma para a classe instigando os alunos a descobrirem quem é o dono de cada característica. 
  • Após a brincadeira abrir uma roda de conversa levando-os a refletirem sobre a dinâmica, sondando: O que percebemos com essa vivência? Existem pessoas exatamente iguais? 
  • Permitir que os alunos expressem suas opiniões e, em um segundo momento, propor que todos se observem atentamente e analisem as diferenças entre eles, levando em consideração os tipos de cabelo, as cores dos olhos e da pele, os formatos dos narizes e dos lábios, as alturas, etc. Para criar um clima mais afetivo introduza uma música ambiente tranqüila e permita o toque caso desejem.

    Como dever de casa peça que levem figuras de pessoas diferentes e de pessoas que admiram/idolatram. (É importante o professor também pesquisar e contribuir levando imagens de crianças do mundo inteiro, das diversas religiões, como se vestem e como são diferentes).

    Peça aos alunos que separem as figuras dos ídolos e primeiro explore bastante as diversas imagens. Peça que justifiquem a escolha das mesmas, que dêem um adjetivo para cada uma delas: essa pessoa parece ser...? Proponha que agrupem as figuras usando o critério que preferirem e que o justifiquem. Converse, então, sobre o preconceito e a discriminação, baseados na aparência.

    Aproveite para falar sobre os tons de pele, sobre a importância de diversas culturas, riqueza cultural dos diversos continentes.
    Com as figuras dos ídolos analise quantos são negros e liste nomes de personalidades negras conhecidas da classe. Promova uma conversa informal com a classe para perceber que critérios eles utilizam para eleger seus "modelos": beleza, riqueza, talento, carisma, etc.

    Em artes plásticas podem ser confeccionados bonecos negros. É interessante “dar vida” aos bonecos propondo que os alunos os transformem em personagens que podem interagir através de dramatizações e entrevistas.

    Brincando, a criança aprende a lidar com o mundo e forma sua personalidade, recria situações do cotidiano e experimenta sentimentos básicos. Logo, vale pesquisar, juntamente com os alunos, jogos e brincadeiras tradicionais africanos e possibilitar momentos de integração e descontração onde as crianças brinquem e joguem.

    Fonte:

    http://www.projetospedagogicosdinamicos.com/negro.htm

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Poderá gostar também de:

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Itens compartilhados de Mah